Siga-nos  
                                                                            Cidadão SP    /governosp


Tubarão de duas cabeças é encontrado no litoral paulista

Tubarão de duas cabeças é encontrado no litoral paulista

Cientistas brasileiros identificaram o primeiro tubarão galhudo de duas cabeças do mundo. O espécime foi encontrado por pescadores próximo à costa, na divisa entre Itanhaém e Peruíbe, no litoral de São Paulo. De acordo com especialistas, a causa da anomalia pode estar ligada, entre outros fatores, à poluição dos oceanos.

O estudo pioneiro foi realizado pelo professor e biólogo Edris Queiroz e pela pesquisadora Luana Felix, do Instituto de Biologia Marinha e Meio Ambiente (Ibimm) de Peruíbe. “É o primeiro caso do mundo, registrado e documentado na literatura, de um tubarão galhudo gêmeo siamês encontrado na natureza”, explica Edris.

Ao G1, o biólogo marinho explica que o animal, encontrado por pescadores, foi doado ao Ibimm para estudo. A partir das análises, os pesquisadores descobriram que o animal não só possui duas cabeças, mas que também apresenta dois corações e duas colunas vertebrais independentes, além de outros órgãos internos duplos.

O professor afirma que não é possível determinar a causa da anomalia, mas que, dentre os fatores possíveis, pode estar relacionada à poluição dos mares. “Os tubarões acumulam metais pesados em sua alimentação, e isso pode gerar o que cha O fenômeno, segundo Edris, também pode estar ligado a alterações genéticas e problemas no útero da mãe. “A compressão do útero pode fazer um ovo se fundir com outro. Não temos como ter certeza pois são eventos raríssimos. Não sabemos se a raridade acontece porque simplesmente não encontramos esses tubarões ou se são eventos realmente diferenciados”.

Além da equipe do Ibimm, o estudo também contou com a participação dos professores Alberto Amorim e Eduardo Malavasi, do Instituto de Pesca de Santos.

Professor Edris Queiroz coordenou estudo que descobriu tubarão gêmeo siamês

 

“Com essas novidades, talvez seja possível chamar atenção para os problemas sérios que têm ocorrido nos ambientes marinhos. Esse estudo vai ajudar a buscarmos medidas que auxiliem na preservação e conservação das espécies”, finaliza Edris. (G1).

Fonte: Tribuna da Região, 5 novembro 2020 (https://tribunadaregiao.com.br/noticias/artigo/tubarao-de-duas-cabecas-e-encontrado-no-litoral-paulista)


Tubarão de duas cabeças é encontrado em Peruíbe