Siga-nos  
                                                                            Cidadão SP    /governosp


Técnicos do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento visitam Fazenda Marinha de Mexilhão em Caraguatatuba

Caraguatatuba recebeu nesta quinta-feira (9) a visita dos técnicos da Secretaria de Aquicultura e Pesca (SAP) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Eles foram conhecer e relatar o trabalho dos maricultores na Fazenda Marinha de Mexilhão, localizada na praia da Cocanha, região norte da cidade.

Na ocasião, participaram da vistoria a coordenadora geral de Aquicultura de Águas da União da SAP, Juliana Lopes; o coordenador de Aquicultura de Águas da União da SAP, Felipe Bodens; e o chefe de serviço de Aquicultura e Pesca da Superintendência do Estado de São Paulo, Rodolfo Braguini.

Segundo Juliana Lopes, a visita ao cultivo de maricultura teve como principal objetivo conhecer a realidade da atividade no Litoral Norte de São Paulo e viabilizar o ordenamento da atividade, através de levantamento de dados e, assim, poder dar andamento aos pedidos de cessão de uso na água, paralisados desde a instauração de inquérito civil sobre a área por parte do Ministério Público Federal.

A Fazenda Marinha faz parte do projeto de Turismo de Base Comunitária e com a cessão de uso na água, a produção é regulamentada pela União, oportunizando novas perspectivas para a inclusão social e produção do alimento na região. Um documento aguardado desde 2004 pelos produtores locais. A atividade é fonte de renda para 10 famílias de maricultores.

Também estiveram presentes na visita a pesquisadora científica do Instituto de Pesca (IP) da Secretaria de Aquicultura e Pesca do Estado de São Paulo, Valéria Cress Gelli; o responsável pela pesca da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Agricultura e Pesca, Luís Eduardo Duarte Fernandes; o presidente da Associação dos Maricultores e Pescadores da Praia da Cocanha (Amapec), José Luiz Alves, além de maricultores locais.

Sobre a Fazenda

É considerada a maior do Estado e sua produção em uma área de 36 mil metros quadrados pode chegar a 160 toneladas/ano. Atualmente o passeio até o local já é realizado com estudantes do Instituto de Pesca de São Paulo e Instituto Federal de Caraguatatuba como aula prática no curso de Aquicultura, criação de animais aquáticos com possibilidade de consumo.

A saída do passeio é da sede da Amapec e dura, em média, 1h30. Os visitantes podem conhecer o dia a dia do funcionamento da Fazenda, desde o processo de reprodução do mexilhão, as práticas de cultivo até o seu desenvolvimento para o tamanho comercial, além de toda técnica de limpeza, beneficiamento e preparação do produto para venda.

Os visitantes do passeio e apreciadores da culinária, além de conhecer toda a criação, podem escolher seu produto direto da fonte e adquirir ao final do passeio na Associação.

 

Moradores e turistas interessados em conhecer o atrativo podem procurar pela Associação na Avenida João Gonçalves Santana, 500, na Praia da Cocanha ou fazer o agendamento pelo telefone (12) 12 99767-2163.

Fonte:

Prefeitura Municipal de Caraguatatuba

https://www.caraguatatuba.sp.gov.br/pmc/2021/09/tecnicos-do-ministerio-da-agricultura-pecuaria-e-abastecimento-visitam-fazenda-marinha-de-mexilhao-em-caraguatatuba/


Instituto de Pesca participa de revitalização do Córrego do Sapateiro na Vila Mariana