Siga-nos  
                                                                            Cidadão SP    /governosp


Pescadores de Bertioga recebem certificado e carteira de registro para exercer profissão

Uma turma de 30 alunos foi certificada no curso de Formação de Aquaviários Nível 1 (POP). As atividades, ministradas pela Marinha do Brasil, são oferecidas pela Plataforma Educativa Repsol Sinopec. A carreta do projeto esteve em Bertioga durante o mês de maio, oferecendo cursos à população, por meio de parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social, Trabalho e Renda.

Durante o curso, os alunos participaram de atividades como condução e operação de embarcações de pesca, navegação, primeiros socorros, combate a incêndio, atividade da pesca e sobrevivência no mar.

“As inscrições foram intermediadas pela Colônia de Pesca Z23. Todos são agora profissionais com carteira de inscrição e a Caderneta de Inscrição e Registro (CIR), exigida pela Marinha para exercer a profissão de pescador em alto mar”, explica Leandro Coelho, membro da equipe da plataforma educativa.

Leonardo Queiroz é pescador há cinco anos, mas nunca fez curso profissional. Ele diz que a diferença é muito grande entre a teoria e a prática. “Na pratica sabemos vícios. Aqui, aprendemos a maneira correta de executar trabalho, que é o sustendo da nossa família. Eu nunca tinha pego uma carta náutica na mão, por exemplo. Foi fantástico, quem puder fazer, recomendo e indico”, diz.

Flávio Araujo, segundo sargento da Marinha do Brasil, conta que os alunos aprenderam navegação, mecânica, marinharia e como se comportar no navio. “A partir de hoje eles estão documentados, trabalhando honestamente. Foi uma turma produtiva, alunos educados, empenhados na profissão”.

O caminhão da Plataforma Educativa Repsol Sinopec ofereceu atividades gratuitas, voltadas à qualificação profissional em pesca, educação ambiental, saúde e segurança. As aulas ocorreram no interior da unidade móvel de 12 metros de comprimento, que se transforma numa sala de aula para atender aos alunos. Foram oferecidos os cursos de “Agregação de valor ao pescado”, “Formação de Aquaviários Nível 1 (POP)”, “Consumo Responsável dos Recursos Pesqueiros”, “Tarô Ambiental” e “EnTenda o Lixo”.

O PROGRAMA

Este ano, o programa itinerante completa 10 anos e já esteve em 24 cidades do litoral dos estados do Espírito Santo, Rio de Janeiro e São Paulo, levando desenvolvimento para mais de 17 mil pessoas dessas comunidades costeiras. São oferecidos cursos gratuitos de qualificação profissional para pescadores e difusão de conteúdos relacionados ao meio ambiente, segurança e saúde para estudantes e comunidade em geral. Por meio do programa, a Repsol Sinopec Brasil atua como mediador e indutor de benefícios socioeconômicos sustentáveis para as comunidades locais, agregando os interesses de diferentes partes envolvidas.

O programa Plataforma Educativa é realizado em parceria institucional com o Instituto Costa Brasilis e o Instituto de Oceanografia da Universidade de São Paulo (IOUSP). A programação conta ainda com parceria da Marinha do Brasil – Capitania de Portos de São Paulo, AquaRio e Instituto de Pesca de São Paulo. Em Bertioga, o projeto tem apoio da Prefeitura e da APA Marinha Litoral Centro.

 

Fonte: G1 - Santos e Região, Jun/2018 (https://g1.globo.com/sp/santos-regiao)

Para acessar a notícia clique aqui


I Seminário Internacional Oceanos Livres de Plásticos acontecerá dias 7 e 8