Siga-nos  
                                                                            Cidadão SP    /governosp


Museu do Instituto de Pesca sedia exposição sobre navio de pesquisa Orion I

O Museu do Instituto de Pesca, ligado à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA), em Santos, lançou na última semana a exposição sobre o navio de pesquisa Orion, com fotos e registros da embarcação que atuou como um Centro de Pesquisa e Aprendizagem por quase cinco décadas no litoral brasileiro.

No local, que pertence à Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado, é possível ver equipamentos utilizados para as pesquisas, fotos da tripulação e de seu lançamento, ocorrido na década de 1970.

Em 1976, o Instituto de Pesca foi autorizado a receber, por doação do Governo do Japão, equipamentos para a embarcação, considerada uma base flutuante, com capacidade para abrigar dez pessoas, entre tripulantes e pesquisadores. O navio foi construído em 1977 pela Empresa Brasileira de Construção Naval (EBRASA), na cidade de Itajaí, em Santa Catarina, para combinar pesca e pesquisa e operar com qualquer tipo de aparelho de captura.

O barco foi projetado para realizar pesca prospectiva, exploratória e experimental, além de estar equipado para coletar dados oceanográficos físicos e químicos. A participação do Orion foi determinante para o alcance dos objetivos estabelecidos nos projetos do Instituto de Pesca, como pesquisa sobre captura de peixes e crustáceos, com emprego de armadilha, captura de polvo com potes de cerâmica e de atuns e afins com linha espinhel.

Recursos pesqueiros

Outros projetos de destaque executados com a embarcação foram o Projeto Anchoita, em 1979; Prospecção de algas no Litoral Leste do Brasil, em 1982; Identificação e distribuição de juvenis de Serranidae – Santos a Abrolhos, em 1985; e Pesca experimental de lulas com atração luminosa e rede corrediça, em 1986.

De maio de 1994 a 2000, o navio se integrou à frota que realizou levantamento dos recursos pesqueiros da Zona Econômica Exclusiva Brasileira (REVIZEE). De 2000 a 2005, foram realizadas reformas substanciais em estaleiros da região. A partir de então, o Orion foi utilizado como base flutuante do Instituto de Pesca, no Porto de Santos, e também colaborou com o aperfeiçoamento da mão de obra ligada à pesca, por meio de cursos, estágios e aulas práticas ministradas na embarcação.

Em 2007 e 2008, foram feitas viagens de instrução no curso de tripulação integrada, pelo Porto e pela Baía de Santos. As operações da embarcação terminaram em 2010.

O post Museu do Instituto de Pesca sedia exposição sobre navio de pesquisa Orion apareceu primeiro em Governo do Estado de São Paulo.

 

Fonte: Mix Vale, Março/2020 (https://www.mixvale.com.br)

Para acessar a notícia clique aqui


Competência feminina impacta agronegócio e desenvolvimento científico em SP III