Siga-nos  
                                                                            Cidadão SP    /governosp


Museu de Pesca encanta visitantes

O Museu de Pesca encanta os visitantes há mais de meio século. Seu acervo apresenta espécies de peixes, crustáceos, moluscos, aves e mamíferos marinhos taxidermizados, conchas de moluscos e corais, maquetes de embarcações, equipamentos utilizados na pesca, instrumentos de navegação e obras artísticas.

Entre suas   funções estão a   promoção de  cursos, palestras, visitas monitoradas e orientação de trabalhos escolares sobre ecossistemas aquáticos e pesca e ainda busca desenvolver ações científico-culturais, conscientizando a população sobre a importância da preservação e utilização racional do ambiente aquático.

Como se isto não bastasse, o museu tem finalidades culturais e objetiva a divulgação de conhecimentos originados do estudo do ambiente aquático e da tecnologia aplicada para a exploração racional de recursos marinhos e de águas continentais.

No local também são  desenvolvidas atividades educativas não formais, com o intuito de criar ou descobrir e estimular mentalidades dirigidas à correta utilização dos recursos naturais sob exploração pela atividade pesqueira.

Também faz parte do seu papel se relacionar com a cidade de Santos desde os primórdios de seu surto desenvolvimentista, uma vez que sua sede atual, construída no local de uma fortificação datada do século XVIII, abrigou inicialmente a Escola de Aprendizes-Marinheiros, e depois, a partir de 1933, o Instituto de Pesca Marítima, nome pelo qual passou a ser denominada (a partir de 1932) a Escola de Pesca do Estado de São Paulo, fundada em 1928, no Guarujá.

Portanto, o prédio histórico, de localização privilegiada oferece aos visitantes a experiência de estar em uma construção antiga e apreciar uma belíssima paisagem através das janelas do piso superior.

 

Fonte: Jornal Metrópolis, Abr/2018 (http://jornalmetropolis.com.br)

Para acessar a notícia clique aqui


Peixes: lambari pode ser usado como isca viva em pescaria de espécies carnívoras, como o robalo