Siga-nos  
                                                                            Cidadão SP    /governosp


Com Carnaval chuvoso, Baixada Santista registra queda de ocupação durante a temporada

Temporada 2018/2019 registrou menos ocupação do que na temporada anterior.


Praia fica cheia na Baixada Santista, no litoral de São Paulo — Foto: Sérgio Furtado/Especial para o G1

 

Apesar da alta expectativa com a retomada da economia e calor intenso nas cidades da Baixada Santista, a temporada de verão 2018/2019 registrou 84% de ocupação nos hotéis da região. O número ficou 4% abaixo do que foi registrado em 2017/2018 e o motivo para a queda foi a baixa ocupação no Carnaval, a pior em cinco anos.

Segundo o Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares da Baixada Santista e Vale do Ribeira (SinHoRes), o Carnaval chuvoso foi o maior responsável pela baixa ocupação nos hotéis e pousadas. A expectativa era de 80%, mas a média da taxa de ocupação do dia 1° ao dia 5 de março de 2019 na região foi de 61%.

O levantamento foi realizado entre os dias 5 e 6 de março de 2019, com 48 hotéis da região que registram maior número de leitos: Santos, Guarujá e São Vicente. A cidade com a maior ocupação nos hotéis foi Santos com 67%, seguida de São Vicente com 58% e Guarujá com 57%.

Santos

Apesar da queda regional, a secretaria de Turismo de Santos afirma que a cidade teve alta de 19,23% na ocupação da rede hoteleira nesta temporada de verão, em relação a igual período em 2017-2018, passando de 52% para 62% em 16 estabelecimentos da cidade. Nesse mesmo período, o total de leitos na rede passou de 1.029 para 1.218.

O bom desempenho do município se deve ao bom tempo, a inauguração de um hotel cinco estrelas e o aperfeiçoamento dos serviços oferecidos pelo comércio - sobretudo restaurantes, bares e casas de shows.

Durante os três meses da temporada, Santos recebeu cerca de 2 milhões de turistas, número superior ao registrado no período anterior. O cálculo é baseado em dados da Ecovias, que registrou a passagem de 696.863 veículos pelos pedágios, contra 695.624 do verão passado. Cerca de 5,4 milhões de veículos desceram a serra entre dezembro e fevereiro.

Na cidade, o Aquário manteve-se líder na preferência do público, registrando 156.562 visitantes durante a temporada de verão. Em segundo lugar ficou o Museu do Café (100.019), em seguida o Orquidário (32.179), Linha Turística do Bonde (25.783), Memorial das Conquistas do Santos Futebol Clube (19.459) e o Museu Pelé (14.122).

Com 13.704 visitantes, o Museu de Pesca ocupou o 7º lugar em termos de público, enquanto a Pinacoteca Benedicto Calixto registrou 10.095 visitantes e o Complexo Turístico do Monte Serrat, 10.040.

 

aquario

Aquário de Santos — Foto: Isabela Carrari/Prefeitura de Santos

 

Fonte: TV Tribuna, Março/2019 (https://g1.globo.com/sp/santos-regiao)

Para acessar a notícia clique aqui


Aquário de Santos registra maior número de visitantes durante a temporada de verão